COMUNICADO | A ROMARIA DE PORTUGAL

Como é consabido, a 30 de janeiro de 2020, a Organização Mundial da Saúde declarou o surto de COVID-19 uma emergência de saúde pública de âmbito internacional, tendo declarado o surto como uma pandemia a 11 de março de 2020.

A Direção-Geral da Saúde (DGS), enquanto Autoridade Nacional da Saúde Pública, emitiu a Informação n.º 006/2020, de 28 de fevereiro, com recomendações para eventos públicos e eventos de massas, a qual foi substituída pela Orientação n.º 007/2020, de 10 de março, atualizada em 16 de março de 2020, onde recomenda o adiamento ou cancelamento de eventos de massas com o objetivo de evitar a propagação do vírus entre um elevado número de pessoas em espaços confinados. 

Por sua vez, através de comunicado do Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa, datado de 8 de maio de 2020, no seu ponto 79, é referido que: “Peregrinações, procissões, festas, romarias, concentrações religiosas, acampamentos e outras atividades similares em grandes grupos, passíveis de forte propagação da epidemia, continuam suspensas até novas orientações.”

Em 29 de maio de 2020 é publicada a Lei n.º 19/2020, que vem proibir a realização de Festivais e espetáculos de natureza análoga até 30 de setembro de 2020.

À semelhança de anos transatos, o planeamento e organização das Festas em Honra de Nossa Senhora dos Remédios – A Romaria de Portugal, foi confiado à Comissão de Festas, a qual deu início aos trabalhos de preparação da edição das Festas para o ano de 2020, no final do ano de 2019, e que após meses de trabalho, viu a sua atividade abruptamente interrompida, precisamente a 9 de março de 2020, dia em que foi aprovado o plano de contingência municipal.

Desde então, o Município e a Comissão de Festas têm acompanhado a evolução do contexto de pandemia, mantendo contacto regular com as instituições governamentais, religiosas, autoridades de saúde e de proteção civil, com quem sempre se coordenaram.

Na sequência do exposto, as Festas em Honra de Nossa Senhora dos Remédios – A Romaria de Portugal, não poderão ser realizadas no presente ano, nos moldes a que estamos habituados e que sempre desejamos, estando por isso cancelados todos os eventos musicais com público, bem como as famosas Marcha Luminosa, Batalhas das Flores, Cortejo Etnográfico e a Majestosa Procissão de Triunfo, o que também mereceu acolhimento por parte da Câmara Municipal e da Irmandade de Nossa Senhora dos Remédios.

Decisão extremamente difícil, eventualmente uma das decisões mais difíceis que alguma vez foi tomada sobre as Festas, mas com consciência e com a certeza que é a melhor forma de garantir a saúde pública e de prevenir um possível e eventual surto e a criação de uma ou várias cadeias de transmissão do novo Coronavírus – Covid 19.

Apesar deste contexto, Lamego não deixará de Homenagear a sua Padroeira, a Nossa Senhora dos Remédios, tendo sido já delineadas iniciativas que permitirão aos Lamecenses comemorar condignamente a sua "Romaria de Portugal" as quais, em momento oportuno, serão divulgadas.

Assumido fica o compromisso de, em 2021, com esta situação de pandemia debelada, como todos esperamos, as Festas em Honra de Nossa Senhora dos Remédios serão celebradas com redobrada ambição e dignidade.

 Até lá #vamossermaravilha

  • Criado em .
  • Centro Multiusos de Lamego, Loja 6 | 5100-096 LAMEGO
    Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.  | www.aromariadeportugal.pt


Todos os Direitos Reservados © Comissão de Festas Nª Srª dos Remédios | 2020